Santuário tem novena em LIBRAS

0
261
Foto: Renata Aquino

Em Curitiba (PR), a comunidade surda também pode participar da devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. A novena na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), que hoje acontece às 19h, todas as quartas-feiras, teve início em 2003, com a intérprete Mariana Mara Gomes da Silva. Mariana, filha de surdos, acompanhava os pais na Igreja e fazia Libras para que eles pudessem compreender. Ela foi uma das precursoras da Pastoral do Surdo, da Arquidiocese de Curitiba.

:: Pastoral dos Surdos promoveu encontro de formação para surdos e intérpretes

:: Padre surdo celebra missas em Libras e trabalha para a inclusão no Paraná

Ao longo desses anos, vários intérpretes ajudaram neste trabalho voluntário. Hoje, o Santuário conta com os voluntários Daniel Moreno e Marcia Maria Elias, que com certeza fazem com que a comunidade surda católica tenha seu espaço na devoção à Mãe do Perpétuo Socorro.

“O desafio agora é tentar ampliar o número de voluntários da Pastoral dos Surdos para fazermos, ao menos, uma missa dominical com interpretação em Libras”, conclui padre Celso Cruz, CSsR, reitor do Santuário.

A novena em Libras pode ser acompanhada presencialmente ou através do canal, no YouTube (Link para o canal).

Marcia Maria Elias, intérprete voluntária da Pastoral dos Surdos na novena das 19h.

O reconhecimento de uma devota

“Meu nome é Josiane, sou surda e professora de Libras. Costumava frequentar a novena em diferentes horários, mas no momento em que descobri a novena das 19h, com intérprete de Libras, fiquei maravilhada e sinto muito bem em vir ao Santuário neste horário. Certamente é a melhor benção que o surdo pode ter! Isso ajuda os surdos usuários de Libras a se desenvolverem espiritualmente. A Libras precisa e deve estar presente em todos os lugares… Sou grata a todos vocês por aceitarem dar esse espaço à comunidade surda católica!”

(Josiane Candido)

Foto: Renata Aquino

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui