Por trás das lentes

0
144
Foto: Arquivo PASCOM

No dia do fotógrafo, um agradecimento especial à equipe dos cliques que atua no Santuário

 

Segundo relatos históricos, a primeira máquina fotográfica chegou às terras brasileiras em 8 de janeiro de 1840, através do abade Louis Compte, durante o império de D. Pedro II. Assim, no Brasil, hoje comemoramos o Dia Nacional do Fotógrafo, em memória a este fato.

O serviço da Pastoral da Comunicação (PASCOM) aqui no Santuário, certamente não seria o mesmo sem a ajuda desses profissionais. Hoje contamos com uma equipe de seis voluntários e queremos homenageá-los pelo trabalho tão importante que desempenham. Além de registrarem imagens utilizando sensibilidade, técnicas de iluminação e conhecimentos sobre angulação, eles também se preocupam em fazer um trabalho de evangelização através dos cliques.

Foto: Renata Aquino

Renata Aquino é formada em Comunicação e Fotografia desde 2014 e começou como voluntária em junho de 2015, fotografando o casamento comunitário. “Amo estar no Santuário, ainda mais colaborando através da fotografia. Sinto-me honrada e grata em fazer parte da PASCOM”, diz a profissional, que tem a fotografia como uma de suas ocupações. Renata também atua, junto com seu marido, como Ministra da Eucaristia e integrante do grupo de casais Filhos do Céu.

Funcionário do Santuário, Bruno Silva cursa Publicidade e Propaganda e iniciou como voluntário na PASCOM no início de 2018. “Conheci a fotografia no curso de publicidade e me apaixonei logo de cara. Com o conhecimento que obtive, comecei a fotografar no Santuário e é uma grande alegria retratar momentos de fé e comunhão”, relata.

Bruno Silva, fotógrafo voluntário e funcionário do Santuário. (Foto: Arquivo PASCOM)

E quando só falta aquela oportunidade para colocar um sonho em prática? Assim aconteceu com Eduardo Sakaguti, integrante da Pastoral da Acolhida e fotógrafo amador há dois anos: “Não sou profissional, mas sempre gostei de fotografar. Via os fotógrafos registrando os eventos, as missas e achava interessante, até que um dia surgiu um convite e aceitei”, conta. Ele acrescenta que ainda há muito que aprender com os colegas profissionais e que a fotografia o faz sentir mais próximo da Mãe do Perpétuo Socorro.

Para completar o time, ainda temos a Andréa Bonatto e o casal Jurandir Pontes e Clô Cordeiro. Os três têm como ocupação principal a fotografia de eventos. Andréa iniciou o serviço voluntário em 2013, e o casal Jurandir e Clô em 2011, no retiro do grupo de jovens Shai Jovem.

Foto: Arquivo PASCOM

Realmente só temos a agradecer o trabalho que desempenham com tanta dedicação aqui no Santuário. Que a Mãe do Perpétuo Socorro interceda por vocês nesta profissão tão bonita e necessária à comunicação do Evangelho.

Da esquerda para a direita: Andréa Bonatto, Eduardo Sakaguti, Clô Cordeiro, Jurandir Pontes e Renata Aquino. (Foto: Arquivo PASCOM )

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui