Pensamento Novena – 19/04/2017

0
1447

Esse Evangelho conta o encontro emocionante de Jesus Ressuscitado com dois de seus discípulos. Os dois foram desanimados e descrentes. Acreditaram que Jesus fosse aquele que ia libertar Israel. Mas agora desconfiaram porque morreu. Acabou a fé – acabou a esperança. E nesse momento o Ressuscitado começou a caminhar com eles sem eles o reconheceram. Quando vem problemas e dificuldades em nossas vidas a primeira reação muitas vezes é a mesma dos dois discípulos. Deus nos abandonou. Deus está morto. Não há mais esperança e fé. E Jesus começa a caminhar conosco. Nunca nos abandona. No meio de nossa tristeza precisamos ficar quietos e acordar nossa fé para enxergar Cristo ressuscitado caminhando conosco.

Para afastar o desanimo e falta de fé dos dois Cristo apelou para trechos da Bíblia mostrando para eles o que já foi predito pelos profetas, isto é, que o Salvador ia sofrer e morrer em favor do povo de Deus. Jesus então explicou para eles todos os trechos da Bíblia que falaram sobre sua morte e ressurreição e seus corações “arderam” enquanto ele falou. Mais uma vez em nossos sofrimentos precisamos buscar o conforto de Deus em sua palavra na Bíblia. Deus consola, anima, corrige, e mostra sua fidelidade através de sua palavra. Precisamos parar e ouvir as palavras confortantes de Deus e nosso coração vai também arder.

Finalmente numa janta Jesus se revelou aos dois a partir do pão – uma referência clara da Eucaristia. Tomou o pão, abençoou-o partiu e lhes distribuía. E só assim finalmente reconheceram o Ressuscitado. Eis o último segredo nos momentos difíceis de nossa fé. Busque Cristo na Eucaristia e ele vai afastar toda tristeza porque vai renovar conosco todas suas promessas de salvação.

Eis o caminho nos momentos de desânimo e descrença:  confiança na presença do Ressuscitado, a força da Palavra de Deus e finalmente a Eucaristia. E o resultado. Os dois saíram de sua tristeza e buscavam outros discípulos para proclamar que Jesus ressuscitou. Somos discípulos-missionários para animar nossos irmãos e afastar a tristeza de seus corações. Profetizamos que Cristo ressuscitou e caminha conosco.

Maria nos ajude a sermos testemunhas da ressurreição com cada irmão/irmã desanimado. Mãe do Perpétuo Socorro.

Pe. Lourenço Kearns, CSsR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui