Pensamento – 30/08/2017

0
906

Irmãos e irmãs,

Talvez pensemos que Jesus tivesse uma vida sempre tranquila, sem problemas, sem obstáculos em sua missão de pregar a boa nova do reino. Jesus foi aceito e acolhido pelos pobres de fato e de espírito, pelos pecadores e pelos marginalizados. Mas Jesus também enfrentou inimigos que causaram muita dor em seu coração. Foram os sacerdotes, mas, sobretudo os fariseus que se declararam os únicos perfeitos diante de Deus.                                                                                                                          Esses chamaram Jesus de falso profeta, infiel à lei de Deus, pecador e até o chamou de demônio tentando evitar que o povo simples o seguisse. Sim Cristo sofreu muito em silêncio. Mas nesse evangelho Cristo desmascarou o pecado desses “tais perfeitos” diante do povo simples. Sim faça o que eles ensinam, disse Jesus, mas não imitem sua maneira de agir. Jesus descreveu seus corações com uma palavra bem forte – hipócritas. Hipócrita é alguém que fala que devemos praticar tal obra de amor e de misericórdia, mas, de fato, ele mesmo não faz o que fala ou ensina. Jesus chamou os de sepulcros bonitos por fora, mas por dentro foram podres e cheios de ossos mortos. Cheios de injustiças sociais e religiosas diante dos pobres e especialmente das viúvas.

E como seus parentes antigamente assassinaram os profetas de Deus, esses Fariseus agora estavam planejando a morte de Cristo porque ele pregou o verdadeiro Deus de amor e de misericórdia demonstrando a falsidade desses líderes espirituais do povo que pintaram uma imagem severa e sem misericórdia do Pai de Jesus e nosso.

Hoje é uma chamada de conversão para todos nós. Às vezes seguimos o mesmo caminho desses fariseus falsos falando aos outros o que devem fazer, mas nós mesmos não vivemos o que pregamos aos outros. Peçamos o perdão de Deus pelas vezes que julgamos os outros sem buscar a conversão em nossos próprios corações.

Mãe do Perpétuo Socorro. Rogai por nós.

Pe. Lourenço C.SS.R.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui