Pensamento – 04/09/2019

0
12

Queridos devotos e devotas de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro,

acabamos de ouvir um belíssimo trecho da Palavra de Deus. E, por falar, em Palavra de Deus, este mês de setembro é dedicado à oração e à reflexão da Bíblia. Pela Bíblia Deus se comunica de forma amorosa conosco. A Bíblia está presente em nossa vida e em todos os sacramentos da Igreja, sobre maneira, a Eucaristia.

Durante este mês, a Igreja nos propõe a leitura e a meditação da Primeira Carta de São João. Falando em Bíblia, o Evangelho de Lucas (4,38-44) relata a intensa atividade missionária de Jesus, que se dedica a compreender e a libertar o ser humano na sua totalidade. Por isso, a missão de Jesus é tão atraente, comovente e instigante. O evangelho dá contornos especiais à missão de Jesus, através da cura da sogra de Pedro. Indica um amor incondicional, que se manifesta em gestos concretos. Amor que age, que sai ao encontro do outro: cura, liberta, refaz a vida e reorienta o coração.

A cura é, portanto, uma imagem carregada de significado e sentido. Muito rica em conteúdo espiritual e afetivo, relação cuja identidade tem um rosto, um perfil, um caráter. A cura, com profundidade espiritual, revela que Jesus é a mais bela face da misericórdia do Pai. Descreve o rosto de um Deus solidário, mergulhado na caridade e no o amor, disponível para ajudar, para servir, amigo dos pobres e irmão dos pequenos. Que a Mãe do Perpétuo Socorro interceda por nós.

 Missionário redentorista,  Padre Francisco Santos Lima, C.Ss.R.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui