No caminho com Jesus que a vida se faz gratidão

0
20

Caros irmãos e irmãs, devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, aqui nos reunimos na Casa da Mãe: lugar do pão partilha e escola de comunhão.

“Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galileia” (Lc 17,11). O evangelho deste dia, ao relatar a cura dos dez leprosos, destaca que Jesus está a caminho para Jerusalém. O caminho para Jerusalém é uma jornada espiritual e local de fé. Isto porque é no caminho que a vida se faz, que a fé amadurece, que nasce a esperança, que se encontram as razões para viver e amar. No caminho se dão os contornos do coração: se renova, se inova e se transforma. No caminho reconhecemos que em Jesus o amor de Deus nos leva a viver na alegria e gratidão. No caminho tomamos consciência que somos Morada de Deus e espaço mais íntimos onde habita o Espírito Santo.

 No caminho dez leprosos vem ao encontro de Jesus. Jesus lança sobre eles um olhar de ternura e compaixão. Olhar que penetra o íntimo da existência e vai ao mais profundo do ser humano.  No caminho dez leprosos são purificados. Entretanto apenas um retorna “glorificando a Deus”, e o faz com explosão de alegria, “em alta voz”, para que todos celebrem sua felicidade  e tomem consciência das grandes maravilhas que Deus opera. Era um samaritano. Prostra-se, confirmando sua fé em Jesus, pois “não houve quem voltasse para dar glória a Deus”. E os outros nove? Deixam de ouvir dos lábios do Mestre o coroamento da cura: “Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.

Que a Mãe do Perpétuo Socorro, interceda por nós.

 

        

Padre Francisco Santos Lima, Missionário Redentorista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui