Compaixão e gratidão – 11/11/2015

1
1343

Estimados irmãos e irmãs,

No Evangelho de hoje (Lc 17, 11-19) Jesus nos revela o grande amor de Deus pelas pessoas, e compaixão pelos abandonados e sofredores.  Naquela época, as pessoas que sofriam de hanseníase, ou seja – a lepra, eram excluídas da sociedade. Estas pessoas viviam foram do convívio familiar e eram consideradas impuras.

Jesus a caminho de Jerusalém, passando entre a Samaria e Galiléia, encontra dez leprosos fora da cidade. Eles nem se aproximam Dele, mas gritavam a certa distância: “Jesus, tem compaixão de nós!” O grito destas pessoas também é o grito e o clamor de muitos de nós que recorremos a Deus e pedimos o seu socorro.

Temos assim, duas importantes revelações:

A primeira é o derramamento da misericórdia de Deus na vida destas pessoas que sofriam tanto da enfermidade como da exclusão social. A cura é um encontrar-se com Deus que não exclui, mas ao contrário inclui e deseja salvar a todos.  E a salvação não é apenas a cura, mas se encontrar com Aquele que nos cura.

A segunda  é a gratidão. Dos dez que foram curados, apenas um voltou para agradecer. E Jesus pergunta: “Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão? ” Apenas o estrangeiro voltou para manifestar gratidão ao Senhor, e sentir em seu encontro a salvação. Nisto lembramos que o dom só é completo quando acolhido com gratidão, em que o coração é aberto também às necessidades dos outros.

Para nós fica a mensagem de rezarmos com confiança e ao mesmo tempo de termos um coração generoso e grato por tudo que temos. Aprendamos com Maria que não se fechou, mas ao contrário se abriu à graça e a realidade de sua comunidade.

Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

 

Pe. Joaquim Parron, CSsR,

1 COMENTÁRIO

  1. Deus pai todo poderoso cuida da minha filha, nossa senhora do perpetuo socorro seja a mãe dela na minha ausência, cuida dos meus filhos, planta no coração deles amor, paz e abençoe a saúde deles
    minha nossa senhora cuida da minha filha Larissa desejo a ela que ela aprenda a ser responsável, que ela tenha
    juízo que a senhora consiga plantar no coração dela amor, paz e que ela seja uma menina de sucesso, ela e o Lucas
    mãe do perpetuo socorro cuida de mim e de meu namorado Paulo
    obrigada minha mãe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui