Cartas de Agradecimento – 30/10/2019

0
15
  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em outubro de 2016, o meu filho com oito meses de idade, caiu  da cômoda em que eu trocava a sua fralda. Inexplicavelmente ele empurrou suas perninhas deslizando e eu não consegui segurá-lo. Corremos para o hospital, pois ele estava ficando com um galo enorme na cabeça. Foram feitos exames, tomografia e raio X dos membros superiores.

Enquanto aguardávamos a análise do resultado, eu e minha esposa nos ajoelhamos ao lado da maca e pedimos, encarecidamente  à Mãezinha querida que protegesse nosso filho, que colocasse suas mãos sobre ele e o cobrisse com  seu manto milagroso para que não tivesse acontecido nada de grave.

Após verificar os exames, o médico nos informou que ele tinha sofrido uma fratura no crânio e também formou um hematoma entre o cérebro e o osso, necessitando  por isso  ficar internado. Na manhã seguinte, o médico neurologista visitou nosso quarto e ficou espantado com a evolução clínica do meu filho, a cabeça já tinha desinchado, ele estava brincalhão, ativo e sorridente.

Agradeci a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro por ter segurado meu filho na queda e por não ter acontecido nada mais grave. Em dezembro fomos ao neuropediatra para consulta e o mesmo atestou que o coágulo já tinha desaparecido. Nossa Senhora intercedeu pelo meu filho e nos direcionou para dois neurocirurgiões maravilhosos.

Um devoto eternamente agradecido

______________________________________________________________________________2. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em dezembro de 2015 a minha filha, com dois anos, deixou de usar fraldas.  Depois de uma semana ela ia ao banheiro somente para urinar e as fezes ela começou a segurar. Eu fiquei desesperada vendo o inchaço em sua barriga e as cólicas que ela sentia. Passaram-se três dias e ela continuava sem ir ao banheiro, então levei-a ao hospital e fizeram uma lavagem. Ao perguntar qual poderia ser o motivo, a médica nos disse que talvez fosse só insegurança de minha filha, por estar deixando as fraldas, como também poderia ser algo mais grave, portanto deveríamos aguardar.

Nesse momento me lembrei de quando eu era pequena e minha mãe me levava ao Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e pedi que Nossa Senhora intercedesse por minha filha, para que não fosse nada grave. Iniciamos o tratamento com remédios caros para que regulasse o intestino e também precisamos, diversas vezes fazer o uso de supositórios. O tratamento seria por 90 dias, mas tinha muita fé que eu iria receber a graça, pois se não resolvesse, seriam necessários vários exames.

Finalmente depois de 40 dias de muita angústia ela voltou a ir ao banheiro normalmente. Chorei muito, mas de felicidade e agradecendo pela graça alcançada. Desde então frequento as novenas, todas as quartas-feiras, não  só pedindo, mas também agradecendo por tudo.

Uma devota eternamente agradecida

______________________________________________________________________________

3. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em 2015 a minha mãe foi diagnosticada com um aneurisma cerebral vindo a óbito.  Um pouco antes dela falecer a minha irmã engravidou, sem planejamento, ela é muito  sensível e quando minha mãe partiu, tínhamos muito medo de nossa irmã desabar, então entendemos o motivo da benção enviada por Deus, que foi o filho dela. Eu comecei a frequentar a novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e, muitas graças recebi desde então.  Eu e meu irmão ingressamos na faculdade com intenção de nos ocuparmos e superarmos a perda e esse ano iremos nos formar.

Eu também iniciei o curso de direção e devido estar muito abalada, tive dificuldades em controlar as emoções nos momentos das provas práticas, mas quando estava quase desistindo, pedi,  com muita fé,  a intercessão  de Nossa Senhora  e consegui ser aprovada. A minha irmã também ficou um ano desempregada, estava quase entrando em depressão, porém  recebeu uma proposta de trabalho.

Passaram-se alguns anos que minha mãe faleceu e, olhando para trás, eu lembro de tantas coisas que pedi a Deus e a Nossa Senhora, e  fui atendida com muito amor, por isso frequento o Santuário, para agradecer. Aos que se encontram em momentos de tristeza ou desespero, tenham muita fé não desistam, pois apesar de algumas coisas parecerem impossíveis, Deus  nunca nos abandonará e para  Ele tudo é possível.

Uma devota eternamente agradecida

______________________________________________________________________________4. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em dezembro de 2014, o meu filho com nove meses de idade,  teve  febre muito alta. Devido a isso, ele estava ficando imóvel, como se fosse uma crise. Desesperados corremos para o hospital, o médico deu o diagnóstico de virose. À noite, por volta das 21 horas,  novamente ele travou os movimentos e começou a gemer.  Imediatamente retornamos ao hospital, pois não parecia sintoma de virose. Nossa Senhora intercedeu por meu filho e nos direcionou a um médico maravilhoso, que solicitou a coleta do líquido para descartar a meningite e também coleta da urina.

O exame de meningite deu negativo, o que foi um alívio. Entretanto, o exame de urina acusou uma infecção urinária, necessitando de internamento imediato. No mesmo andar em que meu filho estava internado, havia uma capela dedicada a Nossa Senhora.  Ali ajoelhei e pedi proteção para  meu filho que ainda não havia completado um ano de vida e estava passando por tanto sofrimento.

 Passamos o Natal no hospital e ficamos até o dia 30 de dezembro para que ele fizesse mais exames e recebesse os medicamentos apropriados. Os exames apontaram refluxo urinário no rim direito, foi isso o que ocasionou a proliferação de bactérias e consequente infecção. Hoje, passados alguns anos, o refluxo urinário baixou, ele está tomando medicação, fazendo acompanhamento com  especialista e acredito que dentro de pouco tempo estará curado, com a benção e graça de nossa Mãezinha do Perpétuo Socorro.

Um devoto eternamente agradecido

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui