Cartas de Agradecimento – 12/08/2015

0
1447
  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Com esta carta venho expressar meu profundo agradecimento por uma graça alcançada. Em novembro de 2013, meu pai acendia uma churrasqueira com álcool e sofreu um acidente. Teve 40% do corpo queimado, com queimaduras de 2º e 3º graus.

Os médicos não davam esperança, diziam que as chances de ele se salvar eram pequenas, já que as áreas atingidas eram extensas e profundas. Ele já tinha quase 60 anos de idade e a recomendação era que a família fosse se preparando para o pior.

Mas nós não perdemos a fé! Começamos a fazer as novenas, pedindo a intercessão de Nossa Senhora. Foram três meses e meio de internação e de muita luta, mas, graças a Deus e a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no dia 6 de março de 2014, meu pai teve alta do hospital. Ele ficou com marcas pelo corpo e ainda sente um pouco de dor, mas nada que se compare a todo o sofrimento que passou.

Obrigada, meu Deus e minha Mãezinha do Céu, por não nos desampararem!

Uma devota eternamente agradecida.

——————————————————————————–

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em fevereiro deste ano, quando fazia exames de rotina, minha irmã descobriu que estava com um nódulo na mama. O médico solicitou mais exames e ela me ligou desesperada temendo tratar-se de tumor cancerígeno. Fiz tudo para animá-la, dizendo que tivesse muita fé, pois Deus e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estavam protegendo-a.

Quinze dias depois, ela me ligou novamente, para dizer que o resultado do exame tinha sido negativo para malignidade. Eu rezava todo dia e fazia a novena  por ela, por isso sei que foi Nossa Senhora que me ouviu e atendeu meu pedido.

Agradeço imensamente a Deus e a Nossa Mãe do Perpétuo Socorro por esta grande graça recebida. Muito obrigada!

Uma devota eternamente agradecida.

——————————————————————————–

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Venho agradecer mais uma grande graça recebida. Em junho do ano passado, meu esposo sofreu um acidente com o caminhão em que trabalhava. A roda do caminhão passou em cima do pé dele.

E, por ser diabético, no hospital os médicos por duas vezes quiseram amputar o pé dele. Pedi então uma luz a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e fui atendida.

Levei-o a uma médica endocrinologista e ela indicou uma enfermeira que só cuida de pé diabético. Hoje ele já a voltou a trabalhar!

Agradeço a Deus e à Mãezinha querida por esse milagre!

Uma devota eternamente agradecida

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Nosso escritório contábil estava sofrendo exigências dos órgãos competentes e não encontrávamos uma solução para elas. Num dia decisivo, enquanto meus colegas tentavam uma saída para resolver essas pendências o mais rápido possível e evitar severas multas, eu vim à novena aqui no Santuário e pedi a intercessão de Nossa Senhora junto ao Pai, Filho e Espírito Santo.

No dia seguinte, ao chegar ao trabalho, ainda preocupado com o problema, perguntei aos colegas como estava o processo e eles me responderam com alegria que tinham dado uma solução e que as exigências tinham sido cumpridas. Tudo estava regularizado.

Foi um alívio receber tal notícia, pois eu já estava com depressão e com dificuldades para realizar minhas atividades. Tive até de procurar assistência médica, pois minha saúde ficou bem comprometida. Resolvido o problema, voltei a trabalhar normalmente e minha saúde foi sendo recuperada.

Por isso, agradeço a ajuda da bondosa Mãe do Perpétuo Socorro, que intercedeu a Deus por nós e encheu nosso coração de alegria!

Um devoto eternamente agradecido.

——————————————————————————–

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Quero compartilhar minha vitória e a graça recebida de Deus e de minha Mãezinha do Perpétuo Socorro. Frequentava as novenas e por um tempo acabei me afastando, mas nunca perdi a fé. Depois do que me aconteceu, ela ficou mais forte e estou de volta toda quarta-feira para agradecer.

Em outubro de 2013 fui tomar sorvete com uma amiga e tive uma crise de tosse e muita falta de ar. Muitos me aconselharam a procurar um pneumologista e eu fui. Foi solicitado que eu fizesse alguns exames e, com o resultado, recebi o diagnóstico: câncer de pulmão grau 2. Consultei três médicos e todos confirmaram. Eu não conseguia aceitar porque nunca fumei, nem fiz uso de bebida alcoólica.

Um dos médicos me transmitiu mais segurança e, como não tinha plano de saúde, ele me aconselhou a ir a um posto de saúde e tentar transferência para o Hospital Evangélico. Lá ele conseguiria me atender. E tudo deu certo muito rápido. Minha cunhada conseguiu agendar a consulta no posto e conversar com a médica para me transferir para o Evangélico. Fui atendido pelo mesmo médico.

Em dezembro fiz a cirurgia, em que foi retirada boa parte de um pulmão, onde estava o tumor. Cinco horas de cirurgia, mas correu bem e tive boa recuperação. Quando tive alta, o médico pediu que retornasse seis meses depois para refazer os exames.

Voltei, fiz uma tomografia e quando viu o resultado, nem ele acreditava. Disse que se não fosse ele que tinha feito a cirurgia, não acreditaria. A parte removida do pulmão já tinha se refeito e eu estava completamente curado e pronto para voltar a uma vida normal.

Só tenho a agradecer muito a Deus e à minha Mãezinha do Perpétuo Socorro por tão grande graça!

Um devoto eternamente agradecido.

——————————————————————————–

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui