Cartas de Agradecimento: 12 de novembro de 2014

0
1120

1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em junho de 2013 tive uma pancreatite por ter abusado de bebidas alcoólicas. Fiquei hospitalizado por mais de dois meses, sendo 29 dias na UTI. Algumas pessoas, até médicos, alertaram meus familiares para se prepararem para o pior, já que meu estado era gravíssimo.

Poucas vezes eu tinha vindo às novenas de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Entretanto, uma pessoa amiga, muito devota e frequentadora assídua das novenas, pediu a intercessão de Nossa Senhora para que Ela ajudasse na minha recuperação.

Em agosto recebi alta do hospital e hoje, um ano depois, estou completamente recuperado e sem mais ingerir bebida alcoólica. Passei a ser devoto e frequento as novenas com regularidade. Todo dia rezo e agradeço a Deus e à querida Mãezinha e a todos que estiveram ao meu lado naquele momento difícil da minha vida.

Um devoto eternamente agradecido.

2. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Formei-me em 2004, mas tive problemas financeiros e não pude quitar as últimas parcelas da faculdade. Por isso, meu tão sonhado diploma ficou retido. Não consegui emprego na área porque não podia comprovar minha formação. Então comecei a estudar para concursos públicos que não exigiam o 3º grau. Estudava muito, mas o resultado esperado não acontecia. E era sempre uma decepção.

Minha mãe, que sempre foi uma devota muito grata a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro sugeriu que viéssemos à novena e, com muita fé, pedir ajuda. Fiz isso e fui atendida sem demora.

Durante uma nova prova senti a presença de Jesus e de Nossa Senhora. Cheguei em casa, e, ao conferir o gabarito, constatei que tinha tirado uma nota muito boa. E, na relação dos aprovados, eu me deparei com um 10º lugar entre as 30 vagas disputadas por quase três mil candidatos!

Eu chorava e ria. Era muita alegria! E sei que isso só aconteceu graças a Deus e à Nossa Mãe do Perpétuo Socorro! Obrigada de todo o meu coração!

Uma devota eternamente agradecida.

3. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Pedi a Deus e a Nossa Senhora para que ajudassem meu filho a encontrar uma empresa boa para trabalhar. Que ele gostasse e que gostassem do trabalho dele também. Ele já tinha trabalhado por 25 anos como auditor e saiu da empresa por vontade própria. Depois trabalhou em outras e na última ficou doente. Por isso foi demitido.

Hoje quero agradecer, pois ele já está efetivado em uma empresa bem conceituada. Muito obrigada, minha Mãezinha! Faz 50 anos que recorro a Vós e recebo Suas bênçãos e graças.

Uma devota eternamente agradecida.

4. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Tive um câncer de pele acima do olho. O médico e a enfermeira me disseram que a radioterapia ia prejudicar muito minha visão. Então pedi a nossa querida Mãe do Perpétuo Socorro que me ajudasse e que o tratamento não deixasse sequelas.

Fiz 30 sessões de rádio e tudo correu bem. Faço acompanhamento médico e minha visão não sofreu danos. Agradeço a Deus e a Nossa Senhora e, com muita gratidão, fiz a novena aqui no Santuário.

Obrigada, meu Deus e minha Mãe, por tudo!

Uma devota eternamente agradecida.

5. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Um mês atrás, meu marido precisou fazer uma cirurgia de vesícula e, como tem problemas cardíacos, respiratórios e renais, os médicos disseram que o risco era grande, devido à anestesia geral. Ficamos muito preocupados, mas a cirurgia não podia ser adiada porque ele tinha muita dor.

Foi marcada então a cirurgia e eu recorri a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro para que tudo corresse bem e que Ela intercedesse por ele. Graças a Deus e à Mãezinha, a operação foi um sucesso e a recuperação, ótima!

Agradeço de coração por mais essa grande graça recebida e peço que Ela continue nos abençoando.

Uma devota eternamente agradecida.

6. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Meu filho tinha 32 anos de idade quando soubemos que se tornara usuário de crak. Tinha um bom trabalho, esposa e uma filhinha de 5 anos. Tentamos de toda forma ajudá-lo, com auxílio de psiquiatra e medicamentos, mas ele prometia que ia parar e que não precisava ser internado. Tornou-se irreconhecível, sem sentimento algum pela família, afundando-se cada vez mais no vício.

Iniciei uma novena, e entre lágrimas pedi a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro que meu filho fosse tocado e que aceitasse ser internado. Dia 04 de julho, uma quarta-feira, encerrei as nove semanas de minha novena e quatro dias depois, meu filho voltou para casa pedindo para ser internado. Hoje passa por tratamento em uma comunidade terapêutica para dependentes químicos, e nos disse ter descoberto que é perfeitamente possível divertir-se sem drogas e sem bebida. Está reconstruindo a sua vida, está lendo a bíblia, e fala em Deus com muita fé. Deus nos devolveu um filho confiante, cheio de vontade de viver e de vencer o vício. Obrigada, Jesus! Obrigada, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro pela vossa intercessão!

Uma devota eternamente agradecida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui