Cartas de Agradecimento – 12/12/2018

0
212
  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

No mês de agosto de 2017, o meu pai com 76 anos, estava voltando de uma viagem quando sentiu fortes dores abdominais e intestinais. Na mesma noite foi ao hospital sendo medicado e liberado. Porém as dores continuaram insuportáveis, então na manhã seguinte ele voltou ao hospital, foi internado e, após vários exames, diagnosticado com um tumor no intestino. Fez a cirurgia para a retirada do tumor, foi necessário colocar a bolsa de colostomia porém o quadro se agravou com uma pneumonia.

Foram quase trinta dias no hospital, semanas em coma induzido. A família toda muito abalada, sem acreditar naquele pesadelo, pois o meu pai sempre fez exercícios físicos, cuidava da alimentação e aparentemente era uma pessoa saudável. Ficamos sem chão.

Os dias se passavam e os médicos já não nos davam esperanças, dizendo que já não havia mais o que fazer,  somente  um milagre para reverter a situação. Então eu disse: teremos um milagre! Eu intensifiquei ainda mais as orações e, com toda a fé, pedi a intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.  Alguns dias se passaram e ele começou a reagir. Um novo desafio se iniciava, as sessões de quimioterapia, que graças a Deus e a Nossa Senhora ele superou também essa fase. Recentemente, no mês de setembro, foi submetido a uma cirurgia para a reversão da colostomia, novamente ficamos apreensivos e receosos, mas tudo correu bem. Ele está curado e terá uma vida normal. Hoje deixo o meu agradecimento a Nossa Senhora pela graça recebida e pelas bênçãos derramadas em nossas vidas.

Uma devota eternamente agradecida

______________________________________________________________________

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Eu frequento as novenas no Santuário, juntamente com a minha irmã e a minha tia, desde a  juventude. O tempo passou, eu me casei e tive uma filha, porém o meu casamento não deu certo e acabamos nos separando quando a minha filha ainda era pequena. Como eu trabalhava contava com a ajuda da minha mãe. Na adolescência começaram os problemas, a minha filha ficou muito revoltada com a situação, começou a andar em más companhias, surgiam vários problemas.                        Algumas vezes quando eu saía de casa pela manhã, para trabalhar, ela ainda não havia chegado. Eu vinha às novenas na hora do meu almoço e pedia a Nossa Senhora que intercedesse por minha filha, para que ela terminasse os estudos e tomasse um rumo na vida. Foram anos de grandes batalhas mas com a graça de Deus e a intercessão de Nossa Senhora, ela passou no vestibular  e logo concluirá o curso.

Obrigada Mãe do Perpétuo Socorro por esta graça!

Uma devota eternamente agradecida

______________________________________________________________________

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Venho, por meio desta carta, agradecer uma graça recebida por intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Eu e o meu marido estávamos desempregados há algum tempo. A situação começou a ficar difícil pois temos uma filha pequena que depende de nós e a cada dia que passava as contas aumentavam, dívidas vencendo, mas jamais perdi a fé. Então muito angustiada, sem dinheiro para vir até o Santuário, comecei a fazer as novenas na minha paróquia todas as quartas-feiras. Entre orações e choro pedia a Nossa Senhora que intercedesse por nós. Para a minha grande alegria nosso pedido foi atendido. O meu marido conseguiu um emprego com carteira assinada. Hoje estou dando esse depoimento a todos os devotos de Nossa Senhora, para que nunca desistam de sua fé.

Uma devota eternamente agradecida

_____________________________________________________________________ 

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Na noite de 11 de agosto de 2011, pouco depois da meia noite eu acordei com uma dor insuportável no peito e suando muito. Abri a porta para tentar chamar por socorro, pois moro sozinho, mas escureceu tudo e desmaiei. Fiquei aproximadamente cinquenta minutos desacordado. Quando consegui chamar a Eco Salva, a qual veio rapidamente, fui encaminhado para a UTI do Hospital São Vicente. Foi constatado que eu havia sofrido um infarto. Fiz angioplastia e em 2012 fiz uma cirurgia para colocação de duas pontes de safena. Hoje levo uma vida normal.  Eu sobrevivi, com certeza graças a misericórdia, compaixão e proteção de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de quem sou devoto há muitos anos.

Um devoto eternamente agradecido

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui