Cartas de Agradecimento – 07/08/2019

0
8
  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Eu sou devota de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e frequento as novenas desde o ano de 1964, quando ainda eram realizadas na Capela da Glória. Eu era então uma jovem universitária. Entre os anos de 1973 a 1978 fiquei muito doente e então pedi a Nossa Senhora que intercedesse por mim para que me curasse para poder criar os meus filhos. Eu fui atendida, estou viva até hoje e curada.

Neste ano eu consegui uma outra graça e, conforme prometi, estou escrevendo esta carta de agradecimento para com isto fortalecer a fé de outras pessoas. Estou fazendo as novenas com uma das minhas filhas pois ela está doente. Acredito que Nossa Senhora do Perpétuo Socorro vai curá-la e dar à minha filha muitos anos de vida  junto à sua família. Eu tenho certeza que Nossa Senhora vai cuidar também de mim e de todos os meus familiares.

Uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________ 

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Em outubro de 2015 eu estava grávida de 17 semanas. Ao fazer o ultrassom recebi a notícia que a minha bebê estava com má formação no sistema nervoso. Eu e meu marido entramos em desespero. Levamos os exames para o médico que nos informou das possíveis sequelas que ela poderia ter, como síndromes e outros problemas decorrentes da má formação. Diante das incertezas do futuro, escolhemos abençoá-la com o nome de Maria. Eu já frequentava as novenas, meu esposo também passou a frequentar e pedimos para a Mãe do Perpétuo Socorro que intercedesse pela vida de nossa filha.

Aos seis meses de idade, ela precisou fazer uma cirurgia, extremamente delicada, em sua cabecinha. Nós a deixamos no centro cirúrgico com o coração na mão mas com fé que tudo daria certo. E, graças à intercessão de Nossa Senhora, a cirurgia foi um sucesso e hoje a nossa filha está com muita saúde e sem nenhuma sequela. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro nos amparou cobrindo com seu manto sagrado, colocando médicos abençoados em nosso caminho que cuidaram da nossa pequena.

Uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________ 

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Na série de novenas cujo tema era “pela saúde dos enfermos e pelos desempregados”, eu trouxe, como sempre, os meus agradecimentos a Jesus Cristo e a Nossa Senhora por todas as graças alcançadas, principalmente por eu estar viva, após passar com sucesso, por duas cirurgias cardíacas. Eu trouxe também alguns pedidos, de restabelecimento e cura de doenças de pessoas muito especiais e queridas, inclusive da minha irmã.

No ano passado, ela foi diagnosticada, por meio de uma ressonância magnética, com um aneurisma na aorta, pequeno, e por isso sem possibilidade de cirurgia. O temor era que ele aumentasse, o que poderia ser extremamente perigoso e teria que ser operada. Como ela também já passou por cirurgia cardíaca ficamos muito apreensivos com esta possibilidade. Enquanto eu fazia as novenas orando por ela, foi feito novo exame e, para a nossa alegria e para a glória do Senhor, o aneurisma não cresceu, ele sumiu.

Eu tenho certeza que Deus, por intercessão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, operou minha irmã, curando-a deste mal que nos afligia. Nossa querida Mãezinha do céu nunca nos abandona. Sejamos sempre perseverantes, firmes e fortes na fé em Deus nosso Pai e em Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, nossa Mãe.

Uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________ 

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Eu estava sentindo prisão de ventre e estava indo diretamente ao banheiro, então após fazer um procedimento de colonoscopia, fui diagnosticado com câncer no intestino grosso, um tumor que estava obstruindo todo o canal intestinal. Logo em seguida fui submetido a uma cirurgia que durou sete horas. Além do tumor, foram retirados  também  30 centímetros do meu intestino grosso.

Em todo o tempo eu mantive a fé em Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e pedi muito para que não me abandonasse neste momento. Após a cirurgia eu fiz cinco sessões de quimioterapia e não precisei usar a bolsa de colostomia. Sempre que possível eu estava no Santuário agradecendo a nossa Mãe. Fiz uma tomografia e, quando saiu o resultado, não havia mais vestígios do tumor no meu corpo. Estou curado graças a nosso Senhor Jesus Cristo e nossa Mãezinha Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Minha Mãe do Perpétuo Socorro, muito obrigado por essa grande bênção em minha vida.

Um devoto eternamente agradecido

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui