Cartas de Agradecimento – 02/08/2017

0
1262

 

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Sou Ministro da Eucaristia desse Santuário e fui designado para levar a eucaristia aos enfermos de uma casa de idosos em um bairro próximo.

Chegando lá, perguntei porque a solicitação ao Santuário do Perpétuo Socorro pois existe, ao lado da casa de idosos, outro famoso Santuário.

Foi então que uma das internas me relatou que assim procedeu porque recebeu uma graça especial, por intercessão de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro. Contou-me que sofreu uma queda onde feriu de leve o braço direito. Como a lesão foi pequena não deu atenção. Porém o ferimento infeccionou iniciando um processo de gangrena, o seu braço ficou preto. O médico falou que seria necessária a amputação. O desespero foi grande pois não bastassem as dificuldades provocadas pela idade, ainda a falta de um braço. Mais uma vez teve que pedir ajuda à Mãe do Perpétuo Socorro. Para espanto de todos, inclusive do médico, após três dias, a cor começou a voltar ao seu braço, hoje está normal com os movimentos perfeitos.

Carta relatada, (a um Ministro da Eucaristia), por uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Alguns anos atrás eu precisei vir morar em Curitiba, em virtude de uma separação conturbada. Comecei a trabalhar e aluguei um local para morar com os meus dois filhos.

Frequentei a novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e pedi que Nossa Senhora intercedesse a Nosso Senhor Jesus Cristo, para que Ele me concedesse a graça de novamente conseguir minha casa e sair do aluguel.

Por quatro anos eu juntei tudo o que sobrava do meu salário para dar entrada no financiamento do meu imóvel. Consegui comprar, e por dez anos juntei tudo o que sobrava novamente, para poder quitá-la.

Hoje tenho o meu imóvel quitado e sei que a graça divina é diária. Sou eternamente grata por tudo o que conquistei pela intercessão de Nossa Senhora e a direção recebida de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

No início do mês de abril deste ano, o meu pai começou a sentir fortes dores. Durante o mês inteiro consultou inúmeros médicos, nenhum exame lhe foi solicitado, vários medicamentos foram utilizados e nenhum deles surtiu efeito, impossibilitando-o de trabalhar e nos causando grande preocupação.

Com muita fé recorri a Deus e à Mãe do Perpétuo Socorro e, depois de 30 dias de sofrimento, ao ser atendido por uma nova médica, o meu pai teve a causa de sua dor identificada, confirmada através de exames e tratada por meio de medicamentos.

Hoje ele se encontra muito bem, sem dor alguma. Tenho certeza que Deus e  Nossa Senhora nos encaminharam à profissional que nos auxiliou na resolução do problema.

Muito obrigada querida Mãe do Perpétuo Socorro!

Uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

Hoje quero agradecer à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro por mais uma graça recebida.

Há um ano e meio eu estava desempregada. No meu último emprego sofri muito, estava bastante desanimada.

Então vim ao Santuário e pedi, com muita fé, à Nossa Senhora para que eu arrumasse um emprego bom que ganhasse o suficiente para sustentar os meus filhos.

Dois meses depois, consegui um emprego ótimo para mim, onde as pessoas me tratam muito bem, e me dão valor.

Só tenho a agradecer à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro que intercedeu por mim junto a Jesus.

Obrigada, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, pela graça recebida!

Uma devota eternamente agradecida

________________________________________________________________________

  1. Senhores Missionários Redentoristas e queridos devotos:

O meu nome é Mônica e o meu marido chama-se Alex. No domingo de carnaval desse ano, ao sair de casa, fomos surpreendidos por uma pessoa que desceu de um carro e começou a atirar, próximo de onde estávamos. Infelizmente uma bala acabou atingindo o meu filho, Thiago Henrique de 7 anos, na coluna cervical. No desespero, fomos em busca de socorro, a princípio estávamos indo ao hospital mais próximo, mas Deus nos guiou ao corpo de bombeiros, onde o meu filho foi socorrido e encaminhado ao hospital Angelina Caron.

Foram 72 dias de internação, nos quais 60 dias foram na UTI.  Meu pequeno, com a graça de Deus e Nossa Senhora, venceu uma cirurgia de quatro horas para tirar o projétil; uma cirurgia para traqueostomia; teve duas paradas cardiorrespiratórias e pneumonia. Para os médicos ele iria ficar tetraplégico, mas com muita fé entregamos nosso filho a Deus para que ele desse o diagnóstico final, pois sabemos que para Deus nada é impossível.

Meu filho diz que por duas vezes a mamãe do céu esteve lá no hospital e passou a mão em sua barriga. E, que o papai do céu falou que em 5 dias sairia do hospital, e no quinto dia estávamos no quarto e encerrando as medicações.

Hoje ele está aqui conosco, agradecendo a Deus e a Nossa Senhora por todo milagre em nossa vida. Ainda está na cadeira de rodas, mas está bem. Sem traqueostomia e mexendo os bracinhos, mas sabemos que a sua recuperação será no tempo de Deus.

Obrigado Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, pela graça recebida.

Uma família devota e eternamente agradecida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui