O Evangelho de hoje mostra a amizade de Cristo com o Pai, no vínculo da oração, na fidelidade criativa e na coragem que contagia. A palavra de Jesus é animo para os discípulos e impulso para realizar a missão. CORAGEM é palavra de comando.  

Hoje dia 05 de Janeiro fazemos memória de São João Neumann, santo redentorista. Homem de incansável busca para manter a fidelidade oracional e de uma coragem criativa que deixou marcas por onde passou. Na família, como padre diocesano, como consagrado para a vida missionária redentorista e como Bispo. Foi incansável na arte de doar-se.

São Joao Neumann viveu quarenta e nove anos e no dia de sua morte trazia no bolso escrito num papel a seguinte frase: "Viver cada dia, como se fosse o ultimo".

E foi assim que ele viveu: com intensidade.

Dos milagres de São João Neumann apresentamos dois que nos diz assim:

Eva Benassi, uma menina tuberculosa de onze anos, que morava perto de Milão, na Itália, foi curada pela intercessão de São João Neumann, em maio de 1923, após ser desenganada pelos médicos. O segundo milagre aconteceu com Kent Lenahan, um professor de musica da Pensilvânia, que miraculosamente recobrou a saúde, pela intercessão de São João Neumann, após ser praticamente esmagado por um carro contra um poste, no dia 08 de julho de 1949.

É riquíssima a biografia deste santo redentorista. Ele escreveu aos redentoristas dizendo: "Se nós redentoristas quisermos ter sucesso no trabalho pelas almas, devemos, em primeiro lugar, cuidar de nossas próprias almas, fazendo-as santas o mais possível. E o melhor meio que temos é seguir até as ultimas consequências a regra religiosa".

Que são João Neuman, patrono das crianças, dos doentes e dos imigrantes  Interceda por nós.

 

 
[ Mais artigos ]
 
 

Copyright © Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Todos os direitos reservados