A essência dos mandamentos é o amor de Deus – 12/06/2019

0
87

 No Evangelho que acabamos de escutar (Mateus 5,17-19), Jesus se dirige a cada um de nós a respeito do cumprimento da lei. A lei dada por Deus – a Moisés e seu povo no Antigo Testamento – é obra da sabedoria divina. É uma pedagogia, um ensinamento que contribui para o crescimento das pessoas. Homens e mulheres desta geração estão cometendo os mesmos erros dos antepassados que banalizaram a lei divina. 

Hoje, muitos perguntam se esses mandamentos antigos ainda servem para nós. O próprio Jesus nos dá a resposta: “antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da lei, sem que tudo se cumpra”. Jesus, não despreza os mandamentos dados no Antigo Testamento, ao contrário, dá um toque especial, o amor. O amor é a essência de toda lei e é através dela que Deus demonstra sua preocupação conosco. Ele não quer que cometamos os mesmo erros dos nossos antepassados.

Encontramos muitas pessoas com dificuldades em cumprir os mandamentos. Imaginam que são leis impostas pela Igreja e que não têm sentido em cumpri-las. Por isso, vivem mergulhadas nos mesmos erros dos primeiros povos. Sinal que, muitos de nós, não estão aprendendo com os erros dos outros ou com os próprios erros.

Devemos entender que, quando amamos, estamos cumprindo os mandamentos. O amor deve estar acima de tudo. Só assim os mandamentos terão verdadeiro sentido em nossa vida. Somente quem ama pratica e ensina aquilo que Deus propõe e, por isso, será considerado grande no Reino dos Céus.

Mãe do Perpétuo Socorro. Rogai por nós.

Missionário redentorista, padre Donizete Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui