Pastoral da Escuta: oportunidade para ser ouvido e acolhido em suas dificuldades

0
345

PASTORAL DA ESCUTA

A Pastoral da Escuta do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro surgiu com o objetivo de ouvir pessoas que buscam alguém para conversar, a partir de um referencial bíblico e ético, ouvindo pessoas que encaram os desafios e crises no mundo de hoje, oferecendo ajuda como interlocutor diante das angústias ou momentos difíceis por que alguém esteja passando.

O grupo, formado por pessoas de boa vontade, com formação diversa, mas com a mesma proposta de estar sempre de braços abertos, de ouvidos abertos, de coração aberto, para acolher como Jesus acolheu, tem como base o convite do Senhor: “Vós que estais sobrecarregados, vinde descansar um pouco” (Mt 11,28).

Todos os que já passaram por uma grande dor, por uma frustração, por problemas diversos com familiares têm reações diversas com relação a essa dor e conhecem bem o valor de um amigo que, mesmo sem ter a solução para tudo, limita-se a escutar. Grandes multidões se dirigem às igrejas, buscando conforto espiritual, para lidar com dificuldades de relacionamento, autocrítica exagerada, além de outros problemas, todos eles derivados da pressão contínua imposta pelo mundo atual. No Santuário da Mãe do Perpétuo Socorro, isso não é diferente. Assim, no dia 7 de dezembro, a Pastoral iniciou seu trabalho, ouvindo pessoas, solidarizando-se com seu sofrimento, confortando-as com a presença amiga.

Com sua prática, a Pastoral da Escuta do Santuário quer ser o espaço onde haja a reconciliação da pessoa com ela mesma. E entendendo a Pastoral como ação da Igreja no mundo, fica clara a missão do cristão que quer ser Igreja, que quer seguir os ensinamentos de Jesus, que é libertar, sustentar e potencializar vida plena ao ser humano, pois como disse Jesus, “Eu vim para que as ovelhas tenham vida, e para que a tenham em abundância” (Jo 10,10b).

Os atendimentos são realizados às quintas-feiras a partir das 18h nos Confessionários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, indique o seu nome aqui